sábado, 7 de janeiro de 2012

Mais receitas

Essa coisa de receitas é meio viciante não é mesmo? Eu amo muito cozinhar e acabei ficando sem grandes públicos, minha gata só come ração, e meu bb de bigodes é bastante fiel ao seu  prato eleito ( Bacalhau a Gomes de Sá, Bacalhau Cozido com Batatas, Bacalhau crú salgado, ou seja BACALHAU).
E eu tenho feito dieta, pois me perdi nos doces aqui em Portugal, agora estou tentando me reencontrar,rsrrs
Mas agora pensando bem, tenho feito progressos no sentido de experimentar coisas novas nas receitas, por exemplo fomos jantar em um Restaurante Paquistanês e pedi o que não poderia deixar de gostar que era "Frango", frango é frango em qualquer lugar do mundo... Bem eu também pensava assim, mas no Paquistão eles parecem gostar dele bem mais picante do que seria de se esperar, quase imoral de tão picante! Rsrs



Bem aquilo era um Caril de Frango, e eu teimosa fui preparar em casa uma receita de Caril de frango estilo próprio... Foi uma experiência muito enriquecedora porque aprendi até onde podia ir com o piripiri (uma versão malagueta mais conhecida por aqui)
E também com a própria quantidade do caril utilizada, que não precisa ser tão carregada como o são nos pratos originais, visto não estarmos acostumados com esses temperos mais fortes.
Quebrei completamente todos os tabus quando acrescentei a minha receita leite de côco, ora bem, sempre o utilizava nas receitas de peixe, mas umas 3 colheres de sopa para 1,5 kg de frango ao final da receita já depois de estar prestes a desligar o fogo tira qualquer sabor excessivo do caril e deixa um gosto bom de "quero mais". E o charme desse prato de Caril de Frango (novo), é usar salsa, alho francês, tudo fresco!
Claro para acompanhar eu tinha que ter um bom arroz de cominhos, isso foi de fácil readaptação,rsrs
Comprei arroz basmat (ai no Brasil se não encontrarem pode ser o agulha bem compridinho), cominhos em sementes não encontrei aqui, só em pó. Mas o Arroz de Cominhos tinha as sementinhas, então eu adicionei as sementes de Sésamo (para cada xic. de arroz, meia de sementes)e uma colherinha de café de cominhos em pó, para dar o gostinho! O charme para esse arroz, foi ter tido a idéia de adicionar ao final da cozedura, uma pitada de erva doce e soltado com um garfo todo o arroz da panela, misturando assim as sementinhas de erva doce. O sabor fica fantástico...


E assim termino as experiencias agora completamente rendida pelo Caril de Frango, e o Arroz de Cominhos.
Espero que tentem e também gostem!
Beijokas

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Bagas de Goji (happy berry)

Bagas de Goji – O que é o Goji e quais os seus benefícios

O Goji tem sido a grande sensação dos últimos tempos, e são dados a conhecer a cada dia que passa mais estudos e estudos cada vez mais aprofundados sobre esse fruto maravilhoso.
Por isso queremos dar-vos a conhecer algumas das suas propriedades e usos.



Goji é a fruta da planta Lycium barbarum, proveniente dos Himalais, (Norte da China e Tibete). Apresenta-se em forma de baga vermelha. O seu aspecto assemelha-se em muito à nossa conhecida uva passa.



Embora seja usado há milhares de anos na China, Tibete e Índia, tanto na alimentação como constituinte de fórmulas de fitoterapia da Medicina Tradicional Chinesa, só começou a despertar o interesse da ciência ocidental, quando se começou a descobrir a sua qualidade nutritiva e o seu poder antioxidante.


Informação Nutricional
Um pequena síntese do seu valor nutritivo:
  • Contém 19 aminoácidos, incluindo 8 aminoácidos essenciais.
  • Contém 21 minerais vestigiais, incluindo Germânio , com actividade anti-cancerígena, que é raro como fito-nutriente.
  • Contém grande teor de proteínas.
  • Contém o espectro completo de carotenóides antioxidantes, incluindo Beta-caroteno (em maior concentração que a cenoura) e zeaxantina (protector dos olhos). O Goji é a maior fonte de carotenóides conhecida.
  • Contém 2500 mg de vitamina C por 100 gramas da fruta.
  • Contém Beta-Sisterol, fito-nutriente com função anti-inflamatória, que ajuda também a equilibrar os níveis de colesterol e pode ser usado no tratamento de impotência sexual e equilíbrio da próstata.
  • Contém ácidos gordos (ómega 3 e 6), que são necessários para síntese de hormonas e regula o funcionamento do cérebro e sistema nervoso.
  • Contém Cyperone, um fito-nutriente que traz benefícios ao coração e à pressão sanguínea.
  • Contém Physalin, fito-nutriente usado nos transtornos da hepatite B.
  • Contém Betaína, fito-nutriente usado pelo fígado para produzir colina. A betaína doa grupos metil, promovendo reacções energéticas no corpo, ajuda a reduzir o nível de homocisteína, um factor de risco em problemas cardíacos, protege a célula ao nível de DNA.
Benefícios das Bagas Goji
  • Protege o corpo do envelhecimento e aumenta a longevidade
  • Promove a energia e bem-estar em geral
  • Protege contra doenças cardio-vasculares e inflamatórias
  • Fortifica e mantém um sistema imunitário saudável
  • Alguns estudos apontam como tendo propriedades anti-cancerígenas
  • Combate a artrite
  • Baixa o colesterol
  • Equilibra os níveis de pressão do sangue
  • Ajuda no processo digestivo e na perda de peso
  • Melhora os níveis de insulina nos diabéticos
  • Melhora as cataratas, a visão turva e a audição
  • Fortalece e suporta a função saudável do fígado e dos rins
  • Fortalece os ossos e os tendões
  • Mantém um sistema nervoso saudável
  • Protege a pele dos danos causados pelo sol
  • Aumenta a líbido e o desempenho sexual
  • Promove a fertilidade
As Goji berries têm ainda a propriedade de o fazer rir e sorrir durante o dia todo. Por isso há quem lhes chame de happy berry ou smiling berry.


Como usar
Directamente do pacote, em misturas com outras frutas secas e/ou frescas, em batidos, mueslis, chás (excelente para melhorar o sabor de alguns chás medicinais, mitigando o sabor adstringente ou amargo que muitas plantas têm). Também podem ser demolhadas e rehidratadas em água. Esta água é excelente para hidratar o corpo e pode ser usada como base para qualquer receita culinária.








 Dosagem: quantidade razoável: 15 a 45 gramas diárias, ou seja, cerca de uma mão-cheia.
Como dá para perceber vale a pena ir acrescentando coisinhas assim nos nossos pratos, para compensar a falta de outros tipos de proteinas, vitaminhas e antioxidantes que na nossa alimentação pode ser escassa. Saude para todos nós!

Por Energia Em Equilíbrio em 13 de Outubro de 2008

Antepasto de Beringela

Hoje experimentei fazer uma receita que descobri no blog da Glau, o "Quitandoca"...
AMEI, então como de costume vou partilhar com vocês essa experiencia passo a passo.
Essa receita de "Antepasto de Beringela" tem um resultado final é muiito surpreendente, fica saboroso.
Devo dizer e até ressaltar que amo desafios e essa receita foi um grande desafio para mim porque não sou grande amante da beringela e tampouco aprecio pimentões, mas fiz o melhor que pude e Glau minha querida, nota 10!
Vamos lá então a receita tal como se encontra no blog "Quitandoca" é a seguinte:


Antepasto de Beringela
Receita: Faby - Rainhas do Lar

- 3 beringelas (Como o meu era uma experiencia fiz com 2 beringelas médias)

- pimentão verde, amarelo e vermelho (Como encontrei pimentão laranjado, troquei o vermelho por ele)


- 1 cebola grande
- dentes de alho
- muito azeite
- 2 colheres (sopa) de vinagre branco (Não tinha, então usei vinho branco)
- sal
- orégano
- pimenta calabresa (Coloquei 2 pequenas que trouxe do Brasil, dá para ver elas ali no cantinho dos temperos, galhinhos de orégãos e coentros frescos)


- opcional: alcaparras, azeitona preta, nozes, passas (Coloquei passas, azeitona preta, azeitona gordal recheada com amendoas, e 1 colher de bagas de Goji). Essas bagas são muito ricas em fibras e pode ser colocada tanto em pratos salgados quanto doce, não determina sabor mas enriquece em vitaminhas.(ver mais sobre as Bagas de Goji no post seguinte).


Modo de fazer
Pegue as beringelas lave bem e tire a casca, corte (pelo comprimento) fatias e depois em tirinhas, conforme vc vai cortando, vá colocando no escorredor de macarrão e jogue sal generosamente (é o sal que irá cozinhar suas beringelas). Vai verter bastante água, ok? Reserve. (Genteeeeeee, eu não acreditava muito que o sal fosse cozinhar a beringela, mas o liquido castanho no fundo do prato, prova que a receita diz a verdade, verteu o liquido sim, eu usei sal grosso e depois lavei bem conforme a receita diz)



Corte tirinhas de pimentão... vermelho, amarelo e verde. Corte cebola (usei a roxa, mas pode ser a outra) e alguns dentes de alho (sempre a gosto, ok).



Numa panela, refogue bem a cebola e o alho em bastante azeite, adicione os pimentões e encha de temperos - o que tiver em casa! Coloquei bastante orégano, mostarda em grãos, pimenta calabresa, coloquei um restinho de alcaparras que tinha na geladeira e bastante azeitona preta e nozes. Coloque vinagre de vinho branco e deixe evaporar bem.



Lave bem sua beringela em água corrente.... lava, lava e lava. Tire todo o excesso de água - espremendo com a mãos, adicione ao refogado, acerte o sal e a pimenta e se preciso coloque mais azeite! 


Bem como eu estou de dieta, apanhei um pão integral, tirei o miolo dele e recheei com esse antepasto quentinho e me esbaldei, isso é muito bom mesmo!
Bom apetite!

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Jardins Suspensos


Hoje estamos sempre ouvindo falar sobre as 7 maravilhas do mundo, mas poucos sabem que em outros tempos  também existiam as 7 Maravilhas dos tempos antigos. Eram segundo historiadores as Pirâmides, Os Jardins Suspensos e os Muros de Babilônia, o Templo de Ártemis em Éfeso, a Estátua de Zeus em Olímpia, o Mausoléu de Halicarnasso, o Colosso de Rodes, o Farol de Alexandria.

Mas quero falar especialmente dos Jardins Suspensos, na verdade essa maravilha foi construida por Nabucodonosor II, pelo que parece, para sua rainha média Amytis, que considerava desapontador o panorama plano de Babilônia, e ansiava ver as árvores e a paisagem cheia de colinas de sua terra natal.
Os Jardins Suspensos consistiam numa série de terraços construídos pelo homem, ligados por escadarias de mármore e, possivelmente, suspensos a uns 23 metros, até mais de 90, acima da planície. Nos terraços cobertos de terra cresciam muitas flores, folhagens e árvores.

Diz-se que escravos trabalhavam em turnos, movimentando engrenagens de alguma espécie que levavam a água do Eufrates até aos jardins.
De cisternas que havia no terraço mais elevado, a água era canalizada para fontes que proviam a irrigação necessária. Foram construídos por volta de 600 a.C., às margens do rio Eufrates, na Mesopotâmia - no atual sul do Iraque. Os jardins, na verdade, eram seis montanhas artificiais feitas de tijolos de barro cozido, com terraços sobrepostos onde foram plantadas árvores e flores. Para se chegar aos terraços subia-se por uma escada de mármore; entre as folhagens havia mesas e fontes. Os jardins ficavam próximos ao palácio do rei Nabucodonosor II. Contudo, embora tivessem sido extraordinários, esses famosos Jardins Suspensos não mais existem.
Mas podemos ter nosso próprio Jardim Suspenso, em nossas casas e andei a procura das melhores opções, algumas engraçadas.


                                                Outras bastante interessantes e harmoniosas


Hoje vivemos em apartamentos ou casas sem quintais, que acabam por muitas vezes desanimar até os mais calorosos apaixonados por plantas, mas na realidade essas soluções só precisam de um pouco de espaço e criatividade. Eu não me privo de flores, porque sempre dou um jeitinho...

Lembro que morava em uma cave (ou seja), 1 quarto, 1 banheirinho, uma cozinha/sala; e só...E tinha muitos vasos de plantas. Encontrei esse suporte, e criei um pequeno jardim suspenso entre a porta do quarto e do banheiro. Hoje nosso apartamento tem duas varandas grandes, a da frente menor é onde fiz meu "jardim suspenso", a dos quartos que é ainda maior, não tem sol, então ainda não arrisquei nada por lá, de certeza que logo terei idéias para ela também! Aqui estão algumas das minhas plantinhas tão queridas...




Jardins suspensos, olha os carros lá embaixo.rsrrsr